NOVA DIOCESE É INSTALADA EM CRUZ DAS ALMAS

Na manhã deste domingo (28), uma Celebração Eucarística marcou a instalação da Diocese de Cruz das Almas e a posse do seu 1º Bispo diocesano, Dom Antônio Tourinho Neto. Desmembrada da Arquidiocese de São Salvador, será formada por 10 (dez) municípios do Recôncavo – Cruz das Almas, Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Governador Mangabeira, Maragogipe, Muritiba, Santo Amaro, São Félix, Sapeaçu e Saubara.

Pensada pela primeira vez na década de 70 (setenta), por Dom Avelar Brandão Vilela, a nova Diocese foi aprovada em 2008 pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), juntamente com a de Camaçari, na Região Metropolitana, inaugurada em 2011. Em 22 de novembro de 2017, recebemos a ótima notícia: "O papa Francisco erigiu nesta quarta-feira uma nova diocese no Brasil, a de Cruz das Almas (BA)". Um sonho de 40 (quarenta) anos vira realidade.

O prefeito Orlandinho, acompanhado do vice-prefeito, Max Passos, da primeira-dama, Cilene Pereira, e secretários municipais, recebeu no Salão Nobre, do Paço Municipal, as autoridades religiosas e dos municípios do território da nova Diocese.  "Dia histórico para Cruz das Almas! A instalação da Sede Episcopal contagiou a todos com muita alegria e emoção. A Diocese de Cruz das Almas, abrangendo dez municípios, já é realidade. Seja bem-vindo D. Antônio Tourinho", declarou o prefeito.

"O seu amor veio pra ser princípio de unidade, a unidade gera Jesus entre os Cristãos, e isso basta. Penso numa Diocese onde o ideal de todos deve ser amar a Deus acima de tudo. Mas esse amor traz uma consequência irrenunciável. É firme ao amor ao próximo, seja ele quem for, pois amamos a Deus por meio do irmão. O próximo é quem passa ao nosso lado, quem professa a nossa fé ou quem é de outra crença. Ou ainda, quem não professa fé alguma", declarou Dom Tourinho.

Sobre o novo Bispo:

Dom Tourinho nasceu em 9 de janeiro de 1964 em Jequié. Estudou Filosofia em Salvador e Teologia e Direito Canônico no Rio de Janeiro. Foi ordenado sacerdote em 20 de janeiro de 1990, e incardinado na Diocese de Jequié. No decorrer do seu ministério sacerdotal, desempenhou vários cargos, como pároco, promotor vocacional, chanceler, diretor espiritual de vários movimentos e coordenador regional da Fazenda da esperança para os Estados da Bahia, Alagoas e Sergipe. Em 12 de novembro de 2014 foi nomeado pelo Papa Francisco bispo auxiliar de Olinda e Recife e ordenado bispo em 17 de janeiro de 2015. E em 22 de novembro de 2017, foi nomeado bispo diocesano da recém-criada Diocese de Cruz das Almas.


#GovernoDoPovo

Por: Ivan Cerqueira       Foto: Carol Galvão | ASCOM

Compartilhe

Mais Notícias